terça-feira, 15 de setembro de 2009




Na quarta-feira passada andei a mergulhar no Jardim Botânico da Politécnica, não, não se pode mergulhar no lago, tem muito lodo no fundo, foi um mergulho bem mais delicado num autêntico mar de rosas, foi a visita guiada pelo Pedro Lérias sobre os laços de família, este primeiro e muito prometedor foi um excelente começo com a família das Rosáceas, à qual pertencem as nespereiras, macieiras, pereiras, pirliteiros, morangueiros, podem ser árvores, arbustos ou trepadeiras, só não podem ser aquáticas; aprendi que as rosáceas têm sempre folhas alternas, que os seus frutos podem ser pomos ou drupas, que o pêssego é uma drupa e o pirliteiro também, que a néspera, tal como a maçã são pomos, que o verdadeiro fruto do morango são cada uma das sementinhas externas...enfim muita informação interessante. O próximo é já na quarta 23 e será sobre a família das Leguminosas que também são conhecidas pelo nome de Fabáceas.
Os horários das quartas-feiras é 15.00h e dos fins de semana 11h

2009
Rosáceas: 9 e 13 de Setembro
Legumes: 23 e 27 de Setembro
Agaves e Aloés: 7 e 11 de Outubro
Palmeiras: 21 e 25 de Outubro

2010
Coníferas I: 17 e 21 de Março
Coníferas II: 24 e 28 de Março
Euforbiáceas: 7 e 11 de Abril
Compostas: 21 e 25 de Abril
Mirtáceas: 5 e 9 de Maio
Moráceas: 19 e 23 de Maio

Aonde:
Rua da Escola Politécnica 58, Lisboa

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

flor da alcaparra ( Caparis spinosa)


Tanto estigmas Orgãos sexuais femeninos) e um só estilete, para que será?
tácticas reprodutivas...

Vida sexual do Hibisco


Enquanto espero pela hora do curso gosto sempre de visitar o silêncio mágico do borboletário, é como se ficasse também eu suspensa naquele silencioso bater de asas de tão subtil e etéreo parece elevar-nos a nós também para um qualquer outro reino feito só de subtilezas efémeras.
Só não gosto de constatar a enorme quantidade de água que ali vejo desperdiçar.
A maior parte daquelas plantas são mediterrânicas e não gostam de tanta água, algumas até já morreram afogadas.

No borboletário nem só as borboletas me fascinam

E eis-me de novo a participar pela segunda vez no curso de guias de jardim botânico no jardim botânico da faculdade de ciências, mais conhecido por jardim da politécnica, o primeiro foi o ano passado por esta altura( ver blog a missãodasfolhas) e aprendi tanto que não consegui digerir tudo e por isso resolvi repetir a experiência, continuo a aprender imenso e gostar cada vez mais da companhia dos "fitonautas".
Estas são algumas fotos do que fui capatando sobre biodiversidade e reprodução...

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Atelier de plantas medicinais, aromáticas e condimentares


Aqui vai o folheto de mais um atelier de plantas medicinais, desta vez com fabrico de pomadas e tinturas