segunda-feira, 25 de maio de 2015

Plantas para tratar problemas de pele em bebés e crianças amanhã na RTP 1 no programa "Agora Nós"

malva, a rainha das plantas para tratar problemas de pele.

A pele para além de ser o maior órgão do nosso corpo é a nossa primeira linha de defesa contra danos causados por ataques externos como infeções, vírus, bactérias, poluentes químicos do ar, da água, dos detergentes, diferenças de temperatura. Ela segrega substâncias antisséticas que são uma defesa natural contra estes invasores.
Daí a grande importância de prestar muita atenção à pele dos bebés e crianças não usando excesso de sabonetes, champôs, cremes, desodorizantes, perfumes etc. Produtos estes, que mesmo sendo de boa qualidade impedem a pele do bebé de fabricar a sua própria gordura.
As reações a todos estes agentes externos variam muito de criança para criança pois todos eles têm tipos de pele diferentes.

A pele é também a nossa barreira e o nosso ponto de contacto entre o mundo interior e o mundo exterior e portanto sempre que existam problemas entre esses dois mundos, isto se possa manifestar na pele através de vários tipos de eczemas. Aqui mais uma vez as plantas poderão ser de grande utilidade em uso interno e externo: Malvas, calêndula, aveia, camomila e alfazema.
Outros problemas comuns e que afligem muitas mamãs é a crosta láctea que  se manifesta na cabeça dos bebés e que tende sempre a desaparecer naturalmente e é mais comum em bebés de pele oleosa. Nestes casos é mesmo de evitar as lavagens frequentes com champô e usar infusões de calêndula ou malvas ou amores-perfeitos. Pode também usar óleo de coco ou azeite para amolecer a crosta e nunca a arrancar, deixar que ela amoleça e caia por si.
Muito comum também é o eritema das fraldas que se pode tratar lavando com infusão de malvas, calêndula, camomila, morugem, alfazema, deixando o rabinho ao léu nas mudanças de fraldas, secar muito bem e evitar o uso de pó-de-talco, usando em vez disso maizena que não tem tanta tendência a empastar, pasta esta que será depois um meio fácil para o desenvolvimento de bactérias. Aplicar óleo de coco pelas suas propriedades antifungicas e anti bacterianas ou pomadas das plantas referidas.

sabugueiro
 Quando se começam a introduzir os primeiros alimentos sólidos ou quando se dão algumas vacinas, os bebés fazem muitas vezes reações alérgicas que mais uma vez se manifestam através da pele com erupções cutâneas de vários tipos. Para aliviar esta borbulhagem coloque na água do banho flocos de aveia, camomila, pétalas de rosa, tília, alfazema ou calêndula. Estas plantas podem ser colocadas dentro de uma meia ou de um tecido de algodão atado com uma fita.
calêndula

milefólio

amor-perfeito

alfazema
 A pele é também um órgão de excreção por excelência e por isso mesmo as plantas têm aqui um grande papel ao estimularem a sudação ajudando toxinas a serem libertadas em casos de gripes, febres, etc. São as chamadas plantas diaforéticas: Camomila, tília, milefólio ou sabugueiro, estas plantas podem ser usadas na água do banho.

camomila

3 comentários:

  1. considero as malvas maganas, inundam-me a horta!!! mas depois de conhecer o teu blogue já lhes vejo virtudes imensas...
    beijinhos linda

    ResponderEliminar
  2. Bom dia o meu filho tem pele atópica será que há alguma planta que ajude no tratamento... Obrigada

    ResponderEliminar
  3. Bom dia. O meu filho tem pele atópica será que ha alguma planta que ajude no tratamento. Obrigada

    ResponderEliminar