quarta-feira, 16 de junho de 2010

O meu jardim a meados de Junho um pouco frio e muito ventoso

As hastes da glícinia do meu jardim a crescerem demasiado depressa e eu sem conseguir enrolá-las no arco, a datura a deixar cair todas as flores no chão com a ajuda desta ventania que se faz sentir à já 5 dias, as coroas imperiais e as açucenas abrindo os botões e desabrochando em alvas flores perfumadas, verdadeiras rainhas do jardim; framboesas tenho comido todos os dias assim como pequenos e deliciosos morangos silvestres. A equinácea está quase a desabrochar, as arnicas continuam de boa saúde mas sem flor, as flores de maracujá trepando alegremente pelo sabugueiro agora cheio de bagas ainda verdes.A ameixeira carregadíssima de fruto, tal como a macieira.
os kiwis são só folhagem e muitas flores lindas, consolda quase toda em flor,estrelas do Egipto,muitas chagas, rosas de Santa Teresinha em abundância, hipericão do Gerês e H.perforatum, saponária, milefólio a salpicar tudo de branco, onagras de flores amarelas e luminosas, aliums, tupinambos, madressilvas, jasmins, camomilas, papoilas, artemisias, mentas, gardénias.....já devem estar com o olfacto saturado de tanto perfume, fico-me por aqui, amanhã publico as fotos.