quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Agenda de 2018 "Plantas medicinais, a saúde nas nossas mãos"com alguns segredos revelados sobre Bétulas



Árvores bonitas e elegantes de tronco branco e luminoso. Cresce espontânea e subespontânea em zonas montanhosas do norte de Portugal Continental onde é conhecida por bédolo ou vidoeiro.
Tem propriedades medicinais no tratamento da celulite, em uso externo em óleos de massagem ou compressas.
Em infusão, as folhas são uteis como diuréticas, eliminando o ácido úrico e as dores reumáticas e aliviando as infeções urinárias.
Nos países nórdicos, os seus ramos são os mais usados nas saunas para “varrer” o corpo
As suas folhas tenras podem comer-se cruas ou cozinhadas.







A bétula é uma bela árvore da família das Betuláceas que pode atingir cerca de 30 metros de altura, o seu nome vem de uma antiga palavra alemã bircha que significa branco luminoso. É uma árvore considerada sagrada nos países nórdicos pois ilumina as longas e escuras noites de Inverno com o seu tronco branco. Existem algumas variedades; Bétula pendula, conhecida por vidoeiro branco ou silver birch em inglês, B.verrucosa, bétula verrugosa ou white birch e B.pubescens ou hairy birch em inglês bétula em espanhol tem o nome de abedul e em francês bouleau.
O vidoeiro- dos-Himalaias B.utilis, é utilizado em medicina Ayurvédica para tratamento de hemorragias, disenteria, convulsões e doenças de pele.