segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Paisagem Alentejana




No fim-de-semana de 19 e 20 de Setembro, fui convidada pela respeitadíssima associaçao ecológica de Mértola ADPM (associação de defesa do património de Mértola).Fui no domingo e dei dois ateliers diferentes na segunda e na terça, pareceu-me terem corrido bem dado o entusiasmante envolvimento dos participantes. Obrigada a todos vós.
Quando ia na estrada entre Lisboa e Mértola, deparei-me com algumas plantações tão aberrantes que parei o carro na berma e fui verificar o que eram aqueles arbustos de grande porte que se assemelhavam a oliveiras, qual não é o meu espanto quando verifico que de facto SÃO OLIVEIRAS, carregadíssimas de azeitonas e tão encostadinhas umas às outras que cheguei a sentir no meu próprio corpo o desconforto de tamanha falta de espaço...o mesmo verifiquei em relação aos pinheiros...
Vim a saber mais tarde que são terrenos alugados quase sempre a empresas espanholas que à força de muito adubo conseguem produzir muita quantidade de azeitonas em pouquíssimo tempo...As consequências para os solos serão catastróficas mais uma vez, como se a lição não tivesse já mais que aprendida...E não haverá legislação contra estes violadores da TERRA?
Bem mais saudável e harmonioso é o espectáculo das imponentes e velhas Oliveiras que povoam ainda alguma da paisagem Alentejana.